Com reservas, Náutico vence Flamengo/PE pelo Estadual - TupanatingaFm

Últimas Notícias

Com reservas, Náutico vence Flamengo/PE pelo Estadual




em Com reservas, Náutico vence Flamengo/PE pelo Estadual
FolhaPE
Com o “time B”, o Náutico retomou a liderança do Campeonato Pernambucano. Com boa atuação de Robinho e oportunismo de Odilávio, o Timbu venceu o Flamengo por 1×0 na Arena de Pernambuco, chegando aos 18 pontos e passando o Sport na tabela de classificação. Os alvirrubros descansam na próxima rodada do Estadual, mas antes disso terão pela frente o Cuiabá, nesta quarta (28), pelo duelo de ida da terceira fase da Copa do Brasil, de olho na premiação de R$ 1,8 milhão.
Público pequeno, titulares poupados e reservas ansiosos pela oportunidade de brilhar em meio a um duelo de pouca relevância. Como de costume em jogos que acontecem nas vésperas de algum confronto de maior importância, o Timbu não entrou com força máxima. O preço foi o mesmo de outrora, principalmente na dificuldade em fazer a transição entre defesa e ataque – calo também do time principal.
Não vale muito a pena discorrer sobre os primeiros 20 minutos do jogo. Com muitos erros de passe de ambos os lados, a partida careceu de bons lances. O primeiro só saiu justamente após o tempo citado, em falta de Júnior Timbó que raspou o travessão.
Rafael Assis e Robinho apostavam nas arrancadas. O segundo foi mais perigoso nos lances individuais. Em um deles, saiu costurando a marcação do Flamengo até chegar à área. A finalização colocada passou perto da trave esquerda.
Futebol não é um esporte completamente justo e talvez por isso o prata da casa Robinho permanecia lamentando as chances perdidas. Em nova jogada de perigo, o garoto chutou cruzado. A bola tinha endereço certo, mas a ponta dos dedos de Alex e a trave salvaram o Flamengo.
Ostentando a “10”, Timbó também chamou a responsabilidade. Como garçom, ele cobrou falta na medida para Camacho, que desviou por cima do gol. Depois, tentou resolver sozinho em chute de fora da área que assustou os visitantes. O Flamengo assustou duas vezes em cabeçadas. Bruno salvou uma e na outra apenas “tirou com o olho”.
Robinho não conseguiu marcar seu gol, mas foi dele o passe na medida para Odilávio, que entrou na vaga de Daniel Bueno, completar para o fundo das redes e fazer 1×0. A expulsão de Mardley, minutos depois, trouxe ainda mais tranquilidade para os alvirrubros. O time reserva segue invicto no Estadual, com quatro vitórias e um empate.

Nenhum comentário